O sistema de armazenagem Push Back, que pode ser traduzido como “empurrar para trás”, atualmente, é bastante requisitado, devido à capacidade de armazenamento de altas densidades de carga, com baixa seletividade. É o tipo de estrutura que permite a armazenagem de mais paletes em um único nível, gerando um melhor aproveitamento da área disponível.

 

O sistema é composto por longarinas, montantes e pistas de trilhos ou roletes. As unidades de cargas, são armazenadas sob paletes do tipo PBR ou semelhante, dispostas sobre pistas de trilhos ou roletes (imagem 01). Usualmente, é armazenado uma quantidade de 04 paletes, por nível. 

Imagem 01 – Pista de roletes.

 

 

A pista de roletes, é levemente inclinada. Esta inclinação é pré-determinada pela própria fabricante, no caso a Isma, sendo previamente testada in loco, antes da liberação da obra.

A leve inclinação da pista de roletes permite que, ao retirar uma unidade de carga do nível, as demais unidades se deslocarão, por gravidade, para o sentido frontal do montante. Ficando sempre na parte frontal do nível de armazenamento, o palete posterior do retirado anteriormente.

 

No ano de 2020, a ISMA Ltda forneceu para uma empresa multinacional, um total de 31 módulos de estrutura Push Back (imagem 02).

Imagem 02 – Planta.

A empresa multinacional possui sede no Reino Unido, e fábricas de primeira linha e instalações técnicas localizadas na Alemanha, México e China. A unidade do Brasil, encontra-se localizada na cidade de Barueri/SP. Suas atividades concentram-se na produção e fornecimento de uma ampla gama de biocidas, retardadores de chama e ingredientes para cuidados pessoais. Sua experiência e conhecimento técnico, tornaram-na um dos principais fabricantes de biocidas à base de isotiazolinona, e líder mundial, reconhecido, no desenvolvimento de produtos químicos retardadores de chama.

Imagem 05 – Pista de roletes fornecida por uma empresa multinacional de logística.

Levando em consideração a altura do montante, 5.520 metros, e a quantidade de módulos fornecidos, a ISMA considerou pertinente o fornecimento de longarinas, com a finalidade de auxiliar no processo de montagem. A mesma permite o travamento do módulo para colocação das longarinas do Push Back, e uma regulagem mais precisa da inclinação das pistas de roletes, além de deixar todo o processo de montagem mais ágil.

Imagem 06 – Longarinas auxiliares, pintadas em AM – Amarelo Padrão ISMA.

O processo de montagem da estrutura, foi finalizado na data de 13 de Abril de 2020. Abaixo, seguem algumas fotos da mesma.

Imagem 07 – Vista frontal em processo de montagem.

Imagem 08 – Vista lateral em processo de montagem.

Imagem 09 – Lateral do montante detalhada.

Imagem 10 – Push Back em processo de montagem.

Imagem 11 – Túnel de acesso ao hidrante.

Imagem 12 – Pista de roletes finalizadas.

Imagem 13 – Vista frontal do Push Back finalizado.

Imagem 14 – Vista posterior do Push Back finalizado.

Esta solução consumiu aproximadamente 15.247,04 kg de aço beneficiado pela ISMA Ltda.