Inspeção ISA

Você conhece detalhadamente as etapas do serviço de inspeção realizado pela equipe ISA?

O procedimento de inspeção em sistemas de armazenagem por profissionais especializados é fundamental para aferir os níveis de segurança e para proposição de ações preventivas, corretivas ou de manutenção, caso necessárias.

Segundo a determinação da ABNT NBR-15524:2007, a única referência nacional atualmente vigente sobre sistemas de armazenagem, é necessária a realização de inspeções periódicas por profissionais habilitados.

A ISMA, com seu know-how de mais de 50 anos como fabricante, possui uma equipe especializada e dedicada exclusivamente aos serviços de Inspeção de Sistema de Armazenagem (ISA). Pioneira em inspeções de sistemas de armazenagem no Brasil, composta por corpo técnico graduado e registrado no CREA, experiente e perita em sistemas de armazenagem, realiza há décadas inspeções com excelência, idoneidade e profissionalismo, em estruturas de qualquer fabricante.

Mas você sabia que este serviço envolve várias etapas, desde a visita técnica até a entrega dos laudos? E que, para manter o sistema certificado, após um ano da visita técnica presencial, é essencial realizar uma nova inspeção para recertificação.

 

Etapas do trabalho

  1. VISITA TÉCNICA


Após o fechamento do pedido, os técnicos vão até o local realizar a visita técnica para avaliação dos seguintes pontos:

  • Verificação simplificada da área inspecionada e implantação do sistema de armazenagem na mesma, contemplando a avaliação de corredores operacionais, pé-direito disponível e possíveis pontos de interferências entre o produto e a edificação.
  • Verificação dimensional dos elementos estruturais que compõem o sistema de armazenagem;  
  • Verificação dimensional do posicionamento dos elementos estruturais (níveis de carga, treliçamento dos cavaletes e demais acessórios);
  • Análise visual do sistema de armazenagem, com ênfase na verificação de patologias;
  • Avaliação visual do piso de concreto da área de instalação;
  • Verificação luminotécnica (luminosidade) da área em geral;
  • Avaliação visual da infraestrutura civil e da limpeza da área;
  • Registro fotográfico da área em geral e de particularidades e avarias encontradas;

 

  1. DESENVOLVIMENTO DO PCSA


Após a coleta das informações da visita, todos os dados são analisados e os documentos e cálculos são elaborados.

  • Projeto PCSA – “as built”;
  • Mapa de Patologias

 

Os dados coletados são transformados em um layout atualizado, apresentando todas as características do produto e do complexo logístico do cliente, subdividido por área de ação, propiciando ao mesmo a possibilidade do desenvolvimento de estudos sistêmicos sobre a área.  

O projeto apresenta também pontos de potenciais melhorias dos porta-paletes seletivos existentes, oriundos de inadequações relativas à natural evolução das normas técnicas ou ocasionados pelo uso do produto.  

Caso impropriedades sejam constatadas, o projeto também apresentará o método corretivo que deve ser empregado pelo cliente para que os níveis de segurança aceitáveis pelas normas técnicas atualizadas sejam restabelecidos.

 

  1. EMISSÃO DOS DOCUMENTOS COMPLEMENTARES


Ao cliente serão remetidos arquivos digitais através do aplicativo ISA CONNECT de TODOS os documentos emitidos quando do desenvolvimento dos serviços.

  • Laudo;
  • Modelagem Computacional;
  • Memoriais de Cálculo;
  • Placas de Identificação de Carga;
  • Databook para procedimento de inspeções internas (executadas pelo usuário), conforme as prerrogativas da norma ABNT NBR 15524-2:2007 – Item 9.4 – Frequência de Inspeção e Item 9.5 – Registro de Inspeção.

Todos dos documentos contemplam as informações conclusivas sobre os preceitos apresentados no PROJETO PCSA.

  • ART (Anotação de Responsabilidade Técnica) – Emitida após a conclusão de todas as atividades pertinentes ao trabalho (regularização e manutenção da área).

 

DOCUMENTOS INCLUSOS

(previstos em norma ABNT NBR 15524-2:2007):

✔ Relatório Simplificado de Patologias Quantitativo de elementos avariados e seus níveis de risco no encerramento da inspeção em campo.
✔ Laudo de Inspeção Relatório sobre as condições gerais da área e do sistema de armazenagem.
✔ Projeto “As Built” Projeto da área e do sistema de armazenagem atualmente instalado e em uso.
✔ Mapa de Patologias Mapeamento dos elementos avariados e seus níveis de risco.
✔ Memorial de Cálculo Atualização da Capacidade de armazenamento da estrutura conforme a montagem atual.
✔ Certificado de Inspeção Certificado que contempla que a área passou por inspeção e teve documentação emitida.
✔ Placas de Identificação Atualização e identificação da capacidade de armazenamento do sistema de armazenagem.
✔ ART Anotação de Responsabilidade Técnica – emitida junto ao CREA.
✔ Databook Digital Complemento para que o cliente proceda com as inspeções internas em conformidade com os parâmetros da ABNT NBR 15524:2 -2007 – Item 9.4 – Frequência de Inspeção.

A capacidade dos conjuntos de sistemas de armazenagem será informada no PROJETO PCSA e nas placas de identificação de carga, que serão fornecidas como parte integrante do trabalho.

Quer saber mais?

Acesse nosso canal no YouTube e fique por dentro das dicas e informações úteis para manter o seu Sistema de Armazenagem mais seguro!

 

Playlist ISA