Inspeção em Sistemas de Armazenagem: O que diz a norma NBR 15524

inspeção em armazenagem quais os graus de patologia

Uma das consequências das medidas de distanciamento social decorrentes da pandemia foi, sem dúvidas, o crescimento do e-commerce. Logo, a quantidade de armazéns cresceu significativamente. Mas você sabia que a inspeção em sistemas de armazenagem é medida essencial para garantir a segurança destas operações? E também que há um item específico na norma NBR 15524 que recomenda a mesma?

Dia após dia, trabalhadores e mercadorias estocadas estão constantemente expostos a variados riscos e ocorrências que podem afetar a eficiência e segurança destes ambientes, causando reflexos negativos no processo logístico como um todo.

Exatamente por isso, promover a correta inspeção em armazenagem torna-se imprescindível dentro dessa etapa logística. Mas você sabe quais são os principais riscos e a importância da inspeção em estruturas de armazenagem? 

Acompanhe nosso artigo e descubra.

 

Principais riscos em armazéns que você deve ficar atento

O armazenamento de uma grande variedade de produtos é uma etapa extremamente importante nas operações logísticas. No entanto, galpões de armazenagem estão sujeitos a diversos problemas na ordem interna e externa.

Os problemas internos relacionam-se à:

  • Danos aos produtos armazenados em decorrência do manuseio inadequado;
  • Acidentes relacionados ao armazenamento inadequado de cargas com características perigosas;
  • Perda qualitativa e quantitativas de mercadorias, principalmente por conta de erros no armazenamento. Este risco é decorrente de produtos expostos à umidade ou a outras condições que causem sua deterioração;
  • Perda de matéria-prima e produtos armazenados por exposição a condições climáticas ou acidentes, caso de panes elétricas, enchentes e incêndio; e
  • Acidentes de trabalho de colaboradores, causados por falhas na sinalização, erros quanto ao empilhamento ou por treinamento ineficaz de funcionários, que podem comprometer seriamente a saúde dos colaboradores.

Já os fatores externos são aqueles que fogem do controle do gestor, como é o caso da perda de mercadorias por roubo/furto.

 

Inspeção em sistemas de armazenagem: Por que fazer corretamente?

Sabendo dos muitos riscos envolvidos na armazenagem, cabe ao gestor tomar medidas que eliminem ou, ao menos, minimizem a incidência dos riscos.

Por isso, a norma NBR 15524 (em item específico destinado à inspeção de porta-paletes) recomenda a necessidade de inspeção nas estruturas de armazenagem com certa periodicidade. No entanto, de forma geral, a maioria dos galpões ainda não exercem a cultura da inspeção, confiando na qualidade das estruturas e eficiência dos colaboradores. 

Com isso, detalhes como peças torcidas, parafusos com problemas ou avarias são ocorrências que podem elevar os riscos, como o desabamento de todo o sistema, gerando perdas irreparáveis, tanto de matéria-prima e produtos, quanto de vidas.

Sendo assim, promover a correta inspeção em sistemas de armazenagem adquire grande importância, garantindo a segurança de colaboradores, clientes e de todo o sistema de operação.

Dessa forma, a inspeção em armazenagem deve ser conduzida por inspeções diárias a anuais, assim apresentadas:

Inspeção diária: Essa inspeção é adotada para detectar aquelas anomalias facilmente visíveis, como é o caso de longarinas ou montantes deformados, falta de prumo, recalques no piso, ausência de calços e produtos armazenados de maneira incorreta;

Inspeção semanal: Semanalmente deve-se detectar a verticalidade e inclinação da estrutura e todos os elementos do 1º e 2º níveis. Deve-se também realizar a notificação, qualificação e comunicação de danos;

Inspeção mensal: Todo mês é necessário verificar a verticalidade de todos os níveis, além de aspectos gerais como limpeza e notificação, qualificação e comunicação de danos, quando existirem;

Inspeção anual: Anualmente deve ser realizada uma inspeção geral, com ela sendo realizada por uma terceira parte. Nessa inspeção de armazenagem são verificados todos os itens acima com a notificação, qualificação e comunicação de danos;

Inspeção extraordinária: Deve ser realizada quando ocorrer qualquer evento capaz de comprometer a integridade da estrutura.

Neste contexto, sempre com foco na preocupação com a segurança e inspeção de armazenagem, a ISMA é pioneira. Nós oferecemos soluções de inspeção em todo tipo de estrutura adotada em processos de armazenagem. 

Com este propósito, a ISA (Inspeção de Sistemas de Armazenagem) é a maneira mais eficiente de evitar acidentes em sistemas de armazenagem. Esse sistema, desenvolvido pela ISMA, pode ser realizado tanto em estruturas fabricadas pela própria ISMA quanto em estruturas de outros fabricantes. 

Fale com nossa equipe e solicite um orçamento.

 

Quer saber mais? Veja porque fazer a inspeção de seu sistema de armazenagem por meio da ISA. Clique aqui e saiba mais!