Porta-Paletes: 5 dicas para segurança estrutural

A armazenagem com Porta-Paletes é muito utilizada em armazéns, galpões e outros lugares que lidam com a estocagem e movimentação de mercadorias. O uso dessas estruturas é comum devido à busca por benefícios como a otimização do espaço, melhor organização e fácil acesso aos materiais.

O que é explicado pelo fato de que o sistema Porta-Paletes é projetado conforme a necessidade de cada empresa. Por isso, oferece respostas rápidas na intralogística por meio de empilhadeiras ou outros equipamentos de movimentação.

Entretanto, existem dúvidas sobre qual é a real segurança destas estruturas em uma empresa. Será que são mesmo confiáveis? 

Além da eficiência, outra vantagem do sistema é a confiabilidade delas, desde que as indústrias sigam os requisitos e as normas da armazenagem segura.

 A ideia deste conteúdo é pontuar as principais dicas de segurança recomendadas pela ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) para o uso desses sistemas. 

Armazenagem com Porta-Paletes: segurança do início ao fim

O Porta-Paletes é uma estrutura fabricada em aço, um material conhecido mundialmente por ser muito resistente. Além disso, na ISMA, é possível contar com acessórios de segurança para prevenir acidentes, como Guia Rail, Guard Rail, Stop e outros.

Porém, assim como qualquer outra estrutura fabricada em aço, a estabilidade do sistema está sujeita a interferências externas durante seu uso. Infelizmente, acidentes podem acontecer, afetando a integridade dele e, também, dos colaboradores.

Conforme o Ministério do Trabalho, os trabalhadores de cargas de mercadorias estão entre as 10 ocupações com mais registros de acidentes de trabalho no nosso país. Um exemplo é o choque de empilhadeiras, causando um efeito dominó e podendo chegar até um colapso do Porta-Paletes.

Dessa forma, para que a armazenagem seja segura, é preciso tomar medidas para não comprometer o processo de estocagem. Para isso, é necessário se atentar a alguns fatores na concepção do projeto. Eles são:

  • Detalhamento sobre quais equipamentos de movimentação serão usados,
  • Dimensionamento dos corredores para atender aos equipamentos,
  • Observação da exposição ou não às intempéries,
  • Altura do pé-direito do local de armazenagem,
  • Detalhes sobre os tipos e dimensões de carga a serem armazenadas,
  • Capacidade do piso onde ocorrerá a instalação do sistema e
  • Fluxo de operação logística naquele ambiente.

Com base nestes pontos, é preciso buscar uma empresa capacitada para criar os projetos personalizados para o melhor Porta-Paletes para sua indústria, incluindo custo-benefício e segurança. Além disso, atender às normas e ter know-how neste tipo de estrutura.

5 dicas para segurança estrutural da armazenagem com Porta-Paletes

Dicas de armazenagem com porta-paletes

Dessa maneira, a dúvida que surge é: além do projeto, o que avaliar para garantir a segurança da armazenagem com Porta-Paletes? Selecionamos alguns requisitos necessários para garantir a estabilidade da estrutura durante toda a operação, conforme as determinações legais.  

É preciso que o projeto e a fabricação atenda à norma ABNT NBR 15524. No Brasil, ela rege o dimensionamento, montagem e utilização de sistemas de armazenagem deste tipo. Portanto, ela é imprescindível para a segurança estrutural do Porta-Paletes.

1 – Pessoas capacitadas na montagem

A montagem é muito importante para a eficiência e segurança das estruturas. Por isso, deve ser realizada por profissionais capacitados. Afinal, qualquer erro nesta etapa compromete a segurança de todos os envolvidos.

2 – Capacidade portante da estrutura 

Para não comprometer a estabilidade do sistema, é fundamental acolher as recomendações do fabricante. Especialmente, com relação às placas ou identificações sobre a capacidade portante da estrutura. Assim como as normas de segurança com empilhadeiras.

3 – Configuração do Porta-Paletes

Também é recomendável que a configuração da estrutura Porta-Paletes nunca seja alterada sem uma análise prévia de cálculo feita pelo fabricante. Essa medida faz muito sentido para a verificação da capacidade máxima de carga, entre outras informações.

4 – Porta-Paletes usados

Outro cuidado tem relação com a compra de estruturas usadas. Ainda que seja uma prática comum no mercado nacional, a recomendação é sempre validar a segurança do sistema, o que pode ser feito a partir de um serviço de inspeção – abaixo, saiba mais sobre isso.

5 – Inspeções periódicas 

As inspeções realizadas de tempos em tempos estão na ABNT NBR 15524. Importantíssimas para gerir preventivamente os riscos do ambiente. Nelas, os profissionais podem sugerir a adoção de ações corretivas.

Saiba mais sobre as inspeções na armazenagem com Porta-Paletes

Inspeções de armazenagem com porta-paletes

Segundo a ABNT NBR 15524, a inspeção interna, feita pelos próprios colaboradores das indústrias, deve acontecer em períodos diferentes.

Inspeções de rotina em Porta-Paletes

As inspeções de rotina devem ser realizadas pelos próprios colaboradores da empresa, capacitados e treinados para tal função. A ISMA oferece o treinamento in company, um curso intensivo sobre sistemas de armazenagem e as melhores dicas para mantê-las seguras durante a operação.

Treinamento In Company ISMA: clique e baixe o flyer!

Inspeção diária em Porta-Paletes

Aqui, a ideia é detectar anomalias visíveis, como longarinas ou montantes com deformação. Assim como:

  • Falta de prumo na montagem,
  • Recalques no piso, 
  • Ausência de calços, 
  • Produtos deteriorados ou armazenados de maneira incorreta.

Inspeção semanal em Porta-Paletes

De semana em semana, deve ser realizada uma inspeção para detectar a verticalidade e inclinação da estrutura. O mesmo para a validação de todos os elementos do 1º e 2º níveis. A partir disso, os responsáveis fazem a notificação, qualificação e comunicação de danos.

Abaixo, veja um vídeo que mostra sobre o desnível em pisos:

Inspeção mensal em Porta-Paletes

A outra modalidade de inspeção em armazenagens de Porta-Paletes é mensal e verifica a verticalidade de todos os níveis. Além disso, também avalia aspectos gerais como limpeza. Depois, assim como vimos acima, é feita a notificação, qualificação e comunicação de danos.

Inspeções anuais e extraordinárias de Porta-Paletes 

Do mesmo modo que a ABNT recomenda as inspeções internas, também diz que devem existir momentos de intervenção dos profissionais habilitados externos. Neste caso, eles farão outros tipos de avaliações, os quais veremos a seguir.

É importante ressaltar que as inspeções realizadas por profissionais qualificados têm validade de 1 ano, desde que a estrutura não sofra nenhuma alteração ou colisão. Nestas situações, deve-se providenciar uma nova inspeção o mais rápido possível.

Inspeção anual em Porta-Paletes

Anualmente, deve ocorrer uma inspeção realizada por profissionais habilitados. Nela, são verificados todos os itens.

Inspeção extraordinária em Porta-Paletes

Essa opção ocorre quando qualquer evento compromete a integridade da estrutura. Assim como quando acontece uma nova alteração no layout da estrutura.

Segurança na armazenagem com Porta-Paletes é com a ISMA

Segurança na armazenagem com Porta-Paletes

A ISMA é uma empresa especializada em Porta-Paletes que está há 53 anos no mercado. Além de fabricar estas estruturas, também oferece o treinamento in company para capacitar os colaboradores das empresas e o serviço de inspeção em armazenagem (ISA).

O ISA permite benefícios para garantir a segurança estrutural desse sistema, assim como a maximização da vida útil das instalações. Após o trabalho, os técnicos capacitados pelo CREA (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia) emitem laudos técnicos.

Portanto, é uma forma de prevenir acidentes e gerar maior segurança operacional durante as atividades. Esses profissionais também quantificam e qualificam os ativos da empresa, assim como criam estudos de identificação de cargas.

A equipe ISMA é pioneira no Brasil. Para solicitar o orçamento, acesse:

Solicite o serviço de inspeção de sistemas de armazenagem!