Recertificação de sistemas de armazenagem: por que fazer?

recertificacao de sistemas

A recomendação da inspeção preventiva em Porta-Paletes e dos demais sistemas de armazenagem está prevista na norma ABNT NBR 15524, reforçando a importância de minimizar riscos de acidentes e sinistros. 

É importante ressaltar que a manutenção deve ser uma medida contínua, de modo a identificar preventivamente riscos de avarias nas estruturas e consequentemente, acidentes com perigos às vidas de pessoas que frequentarem o local.

Por esse motivo, reunimos informações para ressaltar que investir na recertificação é garantir segurança e bem-estar dos trabalhadores, além de assegurar um negócio confiável. Continue a leitura e fique por dentro do assunto. 

 

Qual a importância dos sistemas de armazenagem?

Inicialmente é preciso destacar que a verticalização dos espaços em armazéns e centros de distribuição é a melhor maneira de otimizar o funcionamento dos estoques.  Por isso, uma das opções mais procuradas é o Porta-Paletes, tendo em vista a versatilidade e resistência do produto.

Vale destacar que a estrutura está sujeita ao desgaste, em razão do tempo de uso, por isso, é importante adotar um cronograma de manutenção, a fim de manter a segurança dos colaboradores, clientes e da operação, de modo geral. 

Para garantir a proteção do sistema de armazenagem, o principal requisito é a realização da inspeção anual, conforme recomenda a NBR 15524. Neste documento é informado que a averiguação tem caráter preventivo, além de indicar as manutenções necessárias para que a estrutura permaneça estável e sem riscos de quedas, durante a operação. 

A título de esclarecimento, é importante reforçar que empresas com inspeções atualizadas conquistam uma vantagem competitiva em relação aos clientes, já que a atitude demonstra o comprometimento com a segurança e eficiência da gestão logística. 

 

Quando deve ser feita a certificação e recertificação dos sistemas de armazenagem?

Antes de mais nada é preciso esclarecer que a inspeção dos sistemas de armazenagem deve ser realizada diariamente pela equipe responsável e anualmente, por profissionais especializados. Contudo, se houver algum evento que comprometa a integridade da estrutura será necessário solicitar um atendimento imediato, feito por técnicos qualificados. 

Em casos de aquisição de sistemas novos, além da inspeção após a montagem, a primeira certificação deve ser efetivada após 12 meses de uso, e depois a cada ano. De todo modo, quando o material adquirido for usado, é fundamental realizar a averiguação ainda com o material desmontado, e depois a cada 12 meses. 

 

Como é feita a certificação / recertificação dos sistemas de armazenagem?

A fim de colaborar com o entendimento e acompanhamento do serviço de inspeção e reinspeção, vamos elencar as etapas que devem ser seguidas, confira:

– Coleta de informações da área e posicionamento do sistema de armazenagem no local;

– Verificação dimensional dos elementos estruturais que compõem o sistema de armazenagem;

– Verificação de modulação e treliçamentos dos montantes;

– Análise visual do sistema de armazenagem, com ênfase na verificação de pontos avariados;

Verificação luminotécnica (luminosidade) da área em geral;

– Verificação do nivelamento (verticalidade) das estruturas;

– Elaboração da documentação e cálculos comprobatórios, acerca dos serviços efetivados;

– Registro fotográfico da área em geral e de particularidades e avarias encontradas;

– Validação da substituição de peças, através do ISA CONNECT, para emissão de ART sem ressalvas, se solicitado.

Lembrando que a responsabilidade em manter os sistemas de armazenagem em perfeitas condições de uso e segurança é do proprietário.

 

Como garantir uma inspeção de qualidade nos sistemas de armazenagem?

Primeiramente, por meio da capacitação dos colaboradores da empresa. O conhecimento dos procedimentos tornará a equipe apta a realizar inspeções rotineiras e acompanhar as inspeções anuais ou extraordinárias. 

Com esse entendimento, é válido destacar que o treinamento in company da ISMA é um exemplo de como os colaboradores recebem informações e critérios que devem ser adotados no procedimento de inspeção, com base na normativa da ABNT. Sendo assim, ao final do curso, os participantes também recebem certificados e estão aptos para desenvolver esta atividade.

Outro detalhe, não menos importante, é a escolha da empresa para realizar a inspeção anual ou extraordinária. Embora existam muitos empreendimentos e prestadores de serviços autônomos que oferecem estes serviços, aconselha-se a contratação de fabricantes, devido à experiência e expertise também na fabricação destes produtos e facilidade de manutenção e reposição de peças, caso necessário.

A ISMA realiza tanto a certificação, quanto a recertificação em estruturas de qualquer fabricante, contando com um know-how de mais de 52 anos de existência, além da idoneidade e profissionalismo nos serviços desenvolvidos.

Em resumo, a recertificação de sistemas de armazenagem é fundamental para aumentar a segurança logística.

Por isso, se o seu negócio precisa de certificação ou recertificação de sistemas de armazenagem, entre em contato com a ISMA, pioneira no serviço de inspeção no Brasil.